nf-COMPLEMENTAR

Nota Fiscal Complementar

NFcomplementar

 Saiba quais são as possibilidade de emissão da Nota Fiscal Complementar

Nos dias atuais, o preenchimento correto da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é extremamente importante, pois evita ao contribuinte dores de cabeça no futuro, não é mesmo?

Ainda que se tenha todo cuidado, há momentos em que podem ocorrer alguns “escorregões” e erros no processo, seja por erro de digitação, falha do sistema, ou por simples falta de atenção.

Mas como agir nestas situações? Dá para cancelar? Ou devo emitir a nota complementar?

O que é Nota Fiscal complementar?

Para começar, precisamos entender o que é uma nota complementar. Como o próprio nome já diz, esta nota serve para indicar um complemento, pela falta de preenchimento de dados no documento original, complementando preço, valores ou o imposto.

Esta nota tem como intuito somar à nota fiscal original estes valores, refletindo o valor correto da mercadoria ou do imposto.

E quando devo emitir uma NF-e complementar?

Como já se sabe, a nota complementar serve como um ajuste na nota original, que será usada quando não é possível o cancelamento da primeira nota.

O prazo para cancelamento de uma NF-e é definido por cada unidade da federação, podendo variar de 2 horas a 168 horas após a sua emissão. Depois que este prazo acaba, as correções, quando possíveis, serão efetuadas com nota complementar.

Como vimos anteriormente, a nota de complemento pode ser emitida para a correção de divergência de preço, divergência de quantidade ou complemento de imposto.

Entretanto, a nota poderá ser emitida também para readequar os valores de notas de exportação, quando ocorre o aumento da moeda estrangeira, por exemplo.

Onde emitir uma NF-e complementar?

Como a emissão da nota complementar já está vinculada a um possível erro na nota fiscal original , deve-se atentar-se ao preenchimento da nova nota para evitar mais transtornos.

A nota fiscal complementar é emitida pelo sistema do próprio contribuinte que emitiu a nota original.

Por fim, pode-se entender que a NF-e Complementar será emitida como a última opção do contribuinte, quando o cancelamento da nota original não for mais possível.

A Econet disponibiliza aos seus assinantes uma área especial exclusiva com diversas informações acerca das obrigações acessórias, assim como matérias que versam sobre o assunto em relação a cada Estado.

Portanto, se você ainda não é assinante da Econet, não deixe de providenciar sua assinatura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *